terça-feira, 15 de maio de 2012

Haikai VII


Triste liberdade
Chora, e a alma vai embora
E fica a saudade

Nenhum comentário: