sábado, 11 de dezembro de 2010

Postagem em tempo real...

Passando pra dividir com vocês o poder da convivência... Postagem dedicada ao Ricardo, Lud, Eddy e Dan, e também à Lu, Jéssica, Paula, Douglas e à nova amiga Amanda, amigos excepcionais dos momentos mais insanos e indescritíveis na sua simplicidade...
-------------------------------------------------

Com os amigos, faz-se comum descobrir e redescobrir a mágica da convivência. Em uma simples mesa de boteco reabastecemos o corpo e a alma, de alimento e de convivência, com sabores e sorrisos. Como diz a Lud, diante dos amigos "não amamos por obrigação", somos autênticos, sem medo e sem máscara. Esquecemos dos problemas... (Mas que problemas? Rs...)
Estou agora aproveitando uma música, não falando nada com nada, semi-embriagado, sorrindo à toa... E feliz.
Post sem sentido esse, né? Assim, do nada, em tempo real. Mas é assim mesmo, inesperado como a vida que o faço, movido pela força do acaso e da maravilha da simplicidade...
Obrigado, galera!

5 comentários:

Marcelo R. Rezende disse...

Cara, acho isso mesmo da amizade, cara limpa, sem medo de nada.

Felipe Faverani disse...

Oi, Dragoni, tudo bem?
É isso que eu chamo realmente de vida. Faça tudo o que tiver vontade, viva de todas as formas possíveis. São coisas como essas que dão valor à nossa vida.
Grande abraço.

Dragoni disse...

=]
Bom é ter vários tipos de amigos, inclusive os virtuais.
Abraço!

Evandro Oliveira disse...

Dragoni, obrigado pela visita ao sabor da letra.
Gostei muito do seu blog também.
Somos parecidos em muito coisa.rs
Adorei sua maneira de escrever.

Abraços

http://www.sabordaletra.blogspot.com/

Hei! Posso FALAR? disse...

Ju!!! Que lindo.

A vida é assim mesmo, cheia de acasos, de reencontros. Quanto menos esperamos, lá está ele, aquele velho amigo, sentado no banco de ônibus esperando o outro chegar...